Weby shortcut
Banner-título PPGCOM

Instituições parceiras falam sobre o Intercom e sua relevância

Com o Intercom Centro-Oeste se aproximando, procuramos ouvir dos(as) representantes das Instituições de Ensino Superior parceiras – Faculdade Araguaia, FASAM, UNIALFA, PUC Goiás e UFG –  suas considerações sobre o congresso e sobre sua importância para os estudantes e pesquisadores e, consequentemente, para a área da Comunicação.

Neste ano o congresso Intercom Centro-Oeste acontecerá na Universidade Federal de Goiás, dos dias 22 a 24 de maio, reunindo diversos(as) estudantes, professores e pesquisadores da região para debater e engrandecer o cenário da Comunicação. Para aqueles(as) interessados em participar, fiquem atentos, pois a data para inscrição no congresso se encerra no dia 07 de maio.

A diretora da Faculdade de Informação e Comunicação da UFG, Angelita Lima, começa dizendo que é uma grande honra para a FIC sediar uma edição do Intercom regional e que uma parceria como essa tem muitos bons frutos, “desde o estímulo aos nossos estudantes na participação do evento como também o fato de sediar um encontro como o Intercom colocar a FIC e a UFG em destaque no cenário da pesquisa em Comunicação”. Um evento assim, com debates e com uma temática tão importante, na conjuntura atual e no cenário da produção de conhecimento, sempre provoca novas perguntas e traz oportunidades que privilegiam o crescimento e amadurecimento intelectual daqueles que participam. Reconhecendo a relevância do congresso, a diretora ressalta que “vivemos em um momento que a Comunicação passa por profundas transformações e isso repõe para o campo da pesquisa e para a formação dos estudantes questões éticas e questões técnicas de muita importância que devem ser pensadas”.

Com o intuito de debater temas atuais e pensar a respeito das práticas comunicacionais contemporâneas, o congresso trará temas da nossa atualidade para serem discutidos nesse contexto repleto de transformações. Pensando nisso, Jullena Normando, coordenadora do curso de Publicidade e Propaganda da FASAM, destaca a importância de refletirmos sobre algumas dessas mudanças: “inteligência artificial, democracias, pós-verdade, movimentos sociais e as novas relações de trabalho. São muitos os elementos do futuro, não muito distante, de uma sociedade que está em constante transformação. Não restam dúvidas de como essa realidade impacta fortemente na comunicação. Neste sentido, a FASAM vê o Intercom 2019 como um espaço essencial para troca de experiências, fomento ao conhecimento e fortalecimento do mercado da comunicação regional”.

Sabrina Oliveira, diretora da Escola de Comunicação da PUC Goiás, afirma que o congresso “é uma oportunidade única para os pesquisadores da área de Comunicação, pois, além de consolidar as ações integradas de pesquisa, permite o fortalecimento da formação de novos pesquisadores”. A diretora ainda ressalta que o evento é de suma importância para os estudantes da área, pois é uma peça fundamental para a interlocução entre nossos pesquisadores e futuros(as) comunicadores, pensando tanto nas pesquisas já em andamento quanto nas pesquisas que ainda virão.

O Intercom possui significativa relevância para o estudo e para a prática da Comunicação. O coordenador dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda da UNIALFA, Roberto Jimenes, diz que “neste importante evento, profissionais, professores, alunos, pesquisadores e estudiosos se reúnem para discutir a prática da Comunicação em nossa região e em nosso país, aproximando Instituições de Ensino, veículos e empresas”. Para quem atua na área, estuda ou simplesmente quer conhecer um pouco mais sobre o mercado, o congresso Intercom Centro-Oeste oferecerá palestras, oficinas, seminários e exposições que podem trazer informações relevantes e ajudar na formação dos(as) futuros profissionais.

Para os interessados em mais informações e para quem ainda não se inscreveu, basta acessar o portal: http://www.portalintercom.org.br.

 

Publicada em 26/04/19